loader image

Na Temporada 2 a Boneca Russa Leva Loop Temporal Mais Complexo

Em 2019, foi lançado pela Netflix e já está disponível gratuitamente em nosso apk Youcine, a primeira temporada de Boneca Russa, estrelada por Natasha Lyonne, também cocriadora da trama ao lado de Amy Poehler e Leslye Headland. Com um time de peso pesado por trás, logo a série se tornou um sucesso, mesmo com a temática complexa.

A receptividade do público resultou na renovação de Boneca Russa para a segunda temporada, que estreou após mais de três anos de espera e também pode ser baixado em seu celular gratuitamente pelo apk Youcine.. A série acompanha a história de Nadia, uma mulher que morre atropelada na noite do seu aniversário de 36 anos. No entanto, ela retorna à vida momentos antes do acidente e vê a mesma coisa acontecendo sem parar. Então, ela percebe que está presa em um loop temporal e precisa descobrir como sair dessa. A solução do problema acaba envolvendo questões sobre o seu passado, principalmente a relação com a mãe, e os mesmos dilemas voltam a assombrar Nadia na segunda temporada.

História um pouco complexa

História um pouco complexa

Boneca Russa pode ser de tudo, menos superficial quando se compromete a viajar pelo espaço-tempo. Nos novos episódios, as criadoras da série levaram a questão a outro nível, trazendo uma história ainda mais complexa.

Em vez de trazer as repetições dos mesmos momentos, a segunda temporada sai do padrão e vai mais longe, com Nadia percorrendo diversas linhas do tempo enquanto tenta consertar mais questões do seu passado.

Como os próprios personagens dizem na série, toda produção sobre o espaço-tempo afirma que não se deve mudar o que já aconteceu, pois isso traz muitas consequências para o atual momento e o futuro. Até o final da temporada, então, vemos que as tentativas de Nadia de ter vivido uma história menos traumática acabou no início do caos.

Esse caos é refletido em diversas camadas que vão além da relação com a mãe, envolvendo também a origem da família, fascismo e o Holocausto. Durante esse processo, Nadia viaja ao passado constantemente ao pegar um metrô. Para ficar ainda mais confuso, a protagonista acaba voltando no corpo da mãe e vivendo como se fosse ela. Baixe já seu apk grátis Youcine para assistir em seu android, TV Box ou Smart TV!

Autodescoberta com mais profundidade

Autodescoberta com mais profundidade

Mais uma vez, Nadia não está sozinha na temporada, com Alan (Charlie Barnett) passando pela mesma situação. Com isso, a história dela ganha mais profundidade em Boneca Russa, com a trama desvendando um pouco mais sobre o seu passado e o processo de autodescoberta.

Não há como não ligar os acontecimentos com lições de vida clichês e crises existenciais, tamanho o trauma de Nadia por ter nascido de uma mãe complicada e que se foi muito cedo. A segunda temporada, então, se mostra uma produção ainda mais focada na superação e no “seguir em frente sem olhar para o passado”.

Para além disso, os novos episódios do seriado mostram que histórias sobre viagens ao passado e outras dimensões não precisam de grandes efeitos especiais, ou viagens espaciais, mas sim de um bom roteiro e elenco. A série explora o inexplicável sendo exatamente a definição literal da palavra.

Com isso, vemos a série se aprofundar em questões do espaço-tempo sem precisar explicar como as coisas acontecem, mas sim por quê acontecem. No apk Youcine você tem séries e filmes grátis hd. Aproveite!

Curiosidades da Série

  1. A série foi desenvolvida diretamente para a Netflix.
  2. Além de criadores, Leslye Headland, Natasha Lyonne e Amy Poehler também assinam juntas o roteiro e a produção.
  3. Somada a todas essas funções, Natasha Lyonne atua na e dirige série.
  4. Ela já foi estrela de outra produção da Netflix: Orange Is the New Black.
Cenários

Cenários

Como estamos falando de um eterno looping, onde cada “vida” coleciona novos acontecimentos, os cenários se tornam uma parte muito importante da narrativa. Assim como os comportamentos e reações de Nadia ao espaço-tempo acrescentam camadas narrativas, as locações e ambientações também. Ela sempre “acorda” no mesmo banheiro todo preto do apartamento de sua amiga e artista plástica Maxine (Greta Lee), mas nada nunca é igual – algumas coisas, inclusive, desaparecem. Ao escolher traçar uma nova direção, conversar com uma nova pessoa, Nadia nos leva à cenários diferentes, que contribuem para a construção da solução da personagem. Além da casa de Maxine, onde acontece sua festa de 36 anos, também vemos bastante a casa de Ruth (Elizabeth Ashley), mulher que criou a protagonista e, depois do quinto episódio, o apartamento do coadjuvante Alan. O cenário e a produção é assinado por Michael Bricker. Então você já sabe agora como assitir filmes de graça pelo celular? Baixe já seu apk gratuito Youcine e aproveite!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments